Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

O HOROR DOS ESVAZIADORES

 

 
 
Li com o artigo do jornalista Mário Crespo que tem o título de «O Horror do vazio». É um artigo que escalpeliza dois grandes temas: os dois maiores temas da humanidade: o nascimento e a morte do ser humano, que receberam tratos de polé do sr. que dá pelo nome de primeiro-ministro e Almeida Santos que toda a gente sabe o bem que fez ao país desde a chamada revolução de Abril, a propósito da descolonização. São dois homens que deviam defender os valores milenares da família mas, pelo contrário, só os têm destruído. O primeiro, com leis que defendem a morte, o segundo com a vontade de pôr fim à vida. Eles deviam parar para reflectir e verem o serviço sujo que fizeram. A história não os poupará a tanta destruição. Um quer pôr termo à vida que quer despontar; outro quer abreviar a vida dos que vivem em fim de vida.
Por mais ou melhor que diga, nunca conseguiria dizer melhor do que Mário Crespo que, por via de tão bem ter denunciado o «horror», é perseguido, em vez de condecorado!
É um artigo que vale a pena ler – ele está patente na Internet e diz tudo de um modo frontal, objectivo, verdadeiro. Aconselho vivamente a sua leitura e aconselho, também, estes dois senhores a lê-lo e a reflectirem como pessoas responsáveis, sobre ele e a deixarem de querer ficar na história por maus motivos. Eles não serão recordados pelo que fizeram de bem, mas pelo que fizeram de mal, de maquiavélico. Será que estes senhores não terão consciência, nem vergonha na cara? Como é possível serem tão inimigos da perpetuação da espécie humana?
Como se compreende que uma mulher para abortar tem hospitais «de graça» pagos abusivamente com os nossos impostos e uma mulher para dar à luz nos mesmos hospitais tem que ‘pagar’?
Razão tem o jornalista Domingos Amaral que, a propósito da perseguição do 1º ministro contra os jornalistas que quer silenciar, escreve, a abrir o artigo inserto no ‘Correio da Manhã’ de hoje:
«Pé ante pé, com passos lentos mas firmes, José Sócrates prossegue a caminho de se tornar no primeiro-ministro mais odiado de sempre pela classe jornalística portuguesa».
Só faltaria acrescentar: e odiado pela maioria dos portugueses que se prezam de ser pessoas dignas e portugueses.
publicado por argon às 13:44
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2010 às 12:03
O post do dia 4 dasapareceu !!!


De Anónimo a 5 de Fevereiro de 2010 às 22:21
esvaziou-se ...


Comentar post

.Argon

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

.arquivos

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

.favorito

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

blogs SAPO

.subscrever feeds