Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

GOSTARIA DE SABER...

Gostaria de saber a quem me dirigir para que o meu reparo fosse ouvido e, se possível, corrigido.

Eu explicio-me:

Tenho reparado com um certo sentimento de incomodidade que no rosto da primeira página da Internet, no local nobre onde antes vinha o sumário das notícias de todo o género, agora todo o espaço nobre está ocupado com assuntos de futebol: ou sobre jogadores, ou sobre competições, sobre os adversários, etc. etc.

Na televisão verifico que há o espaço de uma hora em horário nobre num dos canais e pela noite adiante as televisões apresentam-nos uma gama de espaços de debates, comentários, etc., onde cada participante se aalrga dizendo o que lhe dá na real gana...

Dá a  impressão que neste país nada é mais importante. Devemos ser o país da Europa onde o futebol passa à frente de tudo o mais. Há pouco tempo o Santana Lopes deixaram-no pendurado, cortaram-lhe o pio abru(p)tamente para podermos ver a chegada do Mourinho ao Aeroporto da Portela e dar aos espectadores a sua augusta e sacrossante palavra crisóstoma (de boca de ouro). O Mourinho, que não aprova estas coisas, embora não soubesse da tramoia, não disse uma palavra! Santana estava vingado, mas levantou-se da conversa traída e foi-se embora. Se ele não tivesse  a mania do espectáculo, deixava definitivamente as televisões.

Eu acho um exagero e é por isso que eu  reprovo todo o que pasas as marcas.

Reparem que se é um político, um quadro, um dono de uma empresa, um banqueiro ou uma pessoa de nomeada, muitas vezes, nem a deixam acabar o seu reciocÍnio. A razão plausível: o tempo não deve ser desperdiçado. Pois, se repararem, os jogadores de futebol, por mais ou menos letrados que sejam, um terinador, um comentador, um presidente de um clube qualquer, têm o tempo mediático 'todo' do mundo. E nós lá temos que estar a aturar aqueles débitos de futebolês. O que nos vale é que temos um comando e fazemos 'zapping'. Valha-nos, ao menos, isso!

Voltanto ao princípio:

A quem me devo dirigir para lavrar o meu protesto contra estas aberrações descritas acima?Em udo na vida deve obedecer à regra do ewquilíbio: nem de mais, nem de menos. Por outras palavras. O futebol, como o resto, devia ser como o sal: nem de mais, nem de menos. (excepto nos grandes momentos de glória). (Aqui, de menos nunca é!). Nem eu gostaria que fosse de menos porque se há coisas em que damos cartas, é no futebol. E também somos bons a fugir, isto é, sem desprimor patriótico, a correr.

*

publicado por argon às 16:35
link do post | comentar | favorito
|

.Argon

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

.arquivos

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

.favorito

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

blogs SAPO

.subscrever feeds