Quinta-feira, 15 de Julho de 2010

DEFENDER OS INTERESSES DO PAÍS

 

 

Texto publicado hoje pelo Diário de Notícias em lugar de destaque, com foto:

 

A SGTP anuncia que marcou para o dia 29 do corrente uma jornada de luta que inclui greves e concentrações em defesa do emprego, salários e serviços públicos.

Os sindicatos podem dar-lhe as voltas que quiserem que não é com greves e quejandos que o país sairá da crise em que se encontra. Antes, a agravam.

Enquanto se não convencerem todas as forças políticas e sociais que só unindo esforços numa mesma direcção Portugal poderá sair do beco em que se encontra; enquanto teimarem em defender as suas divergências; enquanto não juntarem esforços; enquanto não reunirem e chegarem a um consenso, todos cedendo no possível, com os olhos mais postos na defesa dos interesses do país, do que em defenderem privilégios e a quererem manter a defesa da sua matriz ideológica, nunca sairemos da crise em que estamos metidos.

Mas, à cabeça, este esquema de salvação pública deve partir do governo minoritário o qual tem que, antes de mais nada, deixar a sua arrogância e a sua teimosia em querer resolver a crise sozinho. É ao próprio governo que compete dar os passos para esta iniciativa de salvação nacional.

Isto não significa traição à defesa dos seus princípios, nem vergonha por ter que seguir um rumo que vai ao arrepio do seu programa eleitoral. Os interesses do país estão acima de qualquer raciocínio desse jeito.

Se não erro, foi o que fez a Irlanda, numa atitude exemplar que devia servir de exemplo para o nosso país. Por isso, é preciso que todas as forças políticas, sindicais, sociais, com o patronato e as instituições de solidariedade nacional, se sentem á mesa, discutam, ponham de parte as suas divergência e cheguem ao melhor consenso, validado pelos melhores pensadores e especialistas., todos os que se orgulham de pertencerem a um país que continuará a correr para o abismo, se não houver vontade da parte de todos para o salvar. Todos sintonizados por uma luz cintilante de esperaça.

 

publicado por argon às 22:08
link do post | comentar | favorito
|

.Argon

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

.arquivos

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

.favorito

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

blogs SAPO

.subscrever feeds