Quarta-feira, 22 de Setembro de 2010

INADMISSÍVEL?

REPRODUZO O TEXTO QUE ENVIEI PARA A DIÁRIO DE nOTÍCIAS. SÓ NÃO SEI SE O PUBLICARÃO:

 

 

Todos estamos lembrados do que aconteceu depois do dia da leitura da parte do Acórdão que deu a conhecer a condenação de sete arguidos pedófilos da fina flor famosa do nosso entulho. A juíza-presidente prometeu que, no dia seguinte, entregaria o texto completo do Acórdão. E falhou. voltou a prometer e voltou a falhar, tendo quebrado a promessa, várias vezes adiada.

Este facto mereceu muitas críticas. E houve um jornal diário de referência que até lhe dedicou um editorial com o seguinte título: «Falta inadmissível dos juízes». Faz um juízo severo, acusando o colectivo de juízes por terem faltado à sua promessa. Inadmissível?

A desculpa teria sido a falha da tecnologia em que estava gravado o longo texto. Parece que na alta tecnologia electrónica não pode haver falhas. Pelo menos, parece que não são admissíveis. Ora, a mim, o que me admira não é que elas falhem, o que me admira é que não falhem.

Devo dizer que ninguém teria ficado mais preocupado das falhas do que o colectivo de juízes, mais do que os advogados dos arguidos.

Já tenho na minha posse todo texto do acórdão e, embora não seja jurista, já li partes. E devo acrescentar que passei metade da minha vida a ensinar a ler, escrever, falar, montar, desmontar e interpretar textos de autores clássicos e não só. Daí que saiba dar valor a um trabalho tão exaustivo, tão circunstanciado e tão longo que, possivelmente, terá sido escrito ao computador por várias mãos e que foi acompanhado pelos juízes em matéria tão importante e sensível, dado que tinha sobre ela os olhos despertos e curiosos de todo o país.

Temos é que dar os parabéns à justiça por ter conseguido, pela primeira vez, arranjar provas para culpar estes predadores inveterados que, por temperamento genético, conseguem fazer-se passar por pessoas as mais normais, inofensivas, imaculadas e verdadeiras deste mundo e não há memória de um só (Silvino será a excepção à regra, mesmo assim, poderia, se quisesse, ter mostrado todo o seu ínvio percurso com mais provas contra ele e contra outros pedófilos) que não jure com toda a seriedade descarada que está inocente e que as confessadas vítimas mentiram e, por isso, não merecem credibilidade.

publicado por argon às 22:24
link do post | comentar | favorito
|

.Argon

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

.arquivos

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

.favorito

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

blogs SAPO

.subscrever feeds