Quarta-feira, 22 de Setembro de 2010

O SENHOR B.B.

O SENHOR B.B.

 

Chama-se Baptista Bastos. Não perco nenhuma crónica dele no Diário de Notícias. Por isso, estou bem informado sobre o tipo de personagem que ele é. Escreve bem, mas os assuntos variam pouco. E a forma de linguagem e os temas são sempre os mesmos. Ele, sendo do PCP, está tudo dito. Julgo que só variaria de discurso 180 graus, rumo à desgraça, se Portugal fosse governado pelo seu partido.

É um daqueles escritores que só gosta de dizer mal. De todas as correntes de governo e de opinião que se opõem às ideias dele e do seu partido, cuja cassete já todos conhecemos e que é sempre a mesma. É um muito convencido. Que ele é que sabe. Os outros são uns ignorantes. Dá pancada no governo e na oposição, entenda-se, PSD. Nunca criticou o BE, nem o PC.

Ora, digo eu, se ele é que sabe como é, se ele é que sabe quais são os podres do país e das ideologias dos partidos que o sustentam, se ele é que sabe como se deve governar, acho que devia ser obrigado a governar. Porque ele é que sabe. Os outros são uns ignorantes. Esquece-se que é fácil criticar, mas difícil governar.

Há tempos escreveu um artigo a chorar baba e ranho a favor dos coitadinhos dos palestinianos do Hamas e de uma menina que morreu às mãos dos israelitas. O texto estava de tal modo construído, que bastava substituir a última palavra – o nome da menina, pelo de uma menina israelita para virar o texto de patas ao ar. E suscitaria a mesma verve de protestos e comiserações. Ela era do Hamas. Mas toda a descrição assentava que nem uma luva se se tratasse de uma menina israelita. Porque o que aconteceu a essa menina tem acontecido com as vítimas israelitas, mortas pelo Hamas. E ele nunca lastimou as vítimas israelitas.

Li muitas vezes este faccioso condenar Israel pelas guerras e morticínios contra o Hamas e nunca o vi derramar uma lágrima pelas vítimas dos israelitas, levadas a cabo pelo sacrossanto Hamas.

Há quatro dias, no DN., escreveu a sua crónica habitual. Com as mesmas características habituais. Mas desta vez não malhou no PSD, nem  no governo. Malhou em Cavaco Silva e no seu discurso de Natal que ele arrasa sem contemplação. Nunca li ninguém a dizer tão mal de uma pessoa. Nem sequer teve um pouco de pejo e dizer que houve, ao menos, uma palavra, uma! que ele, cavaco, disssesse e que estava bem. Condenou todo o discurso e disse cobras e lagartos contra o pobre, coitado. Afinal, descubro que a ideologia de esquerda obnubila o pensamento!

De BBs destes não precisamos nós!

&

publicado por argon às 22:51
link do post | comentar | favorito
|

.Argon

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

.arquivos

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

.favorito

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

blogs SAPO

.subscrever feeds