Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

SMS DN

Há um certo tempo que eu não voltava à colaboração com o Diário de Notícias. Mas não pensem que me estou vangloriando querendo dar a entender que mando algum artigo ou alguma crónica que eles publicam. Porque, não sendo um jornalista do quadro ou colaborador habitual do Jornal, essa possibilide está posta de parte. Por outro lado, quem sou eu para me medir com esses jornalistas ou formadores de opinião? Eu sou e serei sempre um desilustre desconhecido. Ainda se fosse do jet set ou oito, ou que tivesse alguma vez o meu nome aparecido nalgma revista cor de rosa, algum futebolista, por mais modesto que fosse, ou algum senhor da TV, estava certo. Quase direi que não precisava de mostarr o meu jeito para a escrita, ou mostrar que tenho algumas ideias luminosas.

Aconteceu, por acaso, mandar ontem uma pequena frase par ao Diário de Notícias. Ela já me estava fazendo cócegas há vários dias. Então, hoje, estava com uma certa curiosidade em saber se ela seria publicada, ou não. Eu nunca posso afirmar que será publicada. Mas há sempre uma esperança. Saí a tomar um café e, como de costume, armado com o jornal do dia na mão. Abro o jornal para saber se a frase fora ou não publicada. E reparo que não foi. E reparei noutra coisa: lendo as frases da secção, concluí que eram muito pobrezinhas, muiop fracas de ideia e de conteúdo. Não vem mal pelo facto de a minha frase não ser publicada, pensei. Mas quando ia a começar a ler, eis que reparo que o jornal era de ontem. O de hoje tinha ficado em casa: tinha sido trocado pelo de ontem E o texto que, afinal, se resume a uma frase muito curta, é como segue:

 

ARTUR GONÇALVES, SINTRA

A corrupção e o súbito enriquecimento ilícito não é crime, é política.

 

Por uma mera coincidência, hoje é dia 1, dia das mentiras. A frase vem mesmo a propósito e em cima do acontecimento. Muito se tem falado nestes dias de corrupção e de enriquecimnto. Aliás foi por estas duas obsessões que todos estamos a sofrê-las hoje, com uma crise danada. Porque muitos especuladores queriam enriquecer e ter lucros colossais e súbitos. Passando por cima de todas as regras e d todas as éticas que mandaram para as ortigas. E os Constancioas? Estes estavam a dormir ou coniventes com os especuladores! Elew fizeram os crimes e nós estamos todos a p+agar vpor eles. A maior injustiça! E alguns, bem nossos conhecidos, cotinuam à solta e a falar grosso!

*

 

 

publicado por argon às 15:34
link do post | comentar | favorito

.Argon

.pesquisar

 

.Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

.arquivos

. Maio 2012

. Janeiro 2012

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Maio 2008

. Fevereiro 2008

.favorito

. QUERO SER UMA TELEVISÃO

. O ANDARILHO VAGAMUNDO

. BODAS DE OURO MATRIMONIAI...

. A GUERRA MODERNA POR OUTR...

. DEUS, SUA VIDA, SUA OBRA

. UM CONTRASTE CIONTRASTANT...

. FALEMOS DE LIVROS

. TENHO UMA PALAVRA A DIZER

. AS CINQUENTA MEDIDAS - UM...

. O SÍTIO ATÉ ERA LINDO...

blogs SAPO

.subscrever feeds